sábado, 21 de agosto de 2010

INFLAMAÇOES:cronicas





CRÔNICAS:
 A inflamação crônica apesar de começar de forma "simples" latente e até mesmo assintomática ela  é sempre precedida pela inflamação aguda, ao contrario da aguda ela dura semanas, meses ou até anos ela se caracteriza  pelos fenômenos proliferativos, com formação de fibrose e também nela se desenvolvem as fases inflamatórias com o intuito de eliminar o agente agressor.Clinicamente, nas inflamações crônicas não de observam os sinais cardinais característicos das reações agudas. Porém, todas as alterações vasculares e exsudativas que originam esses sinais clínicos continuam acontecendo, culminando com o destaque da última fase inflamatória, a fase produtiva-reparativa.

A origem da inflamação crônica ocorre da seguinte forma: 
Infecções persistentes por determinados patógenos que possuem baixa toxicidade e suscitam uma reação imune conhecida como hipersensibilidade tardia,Exposição prolongada a agentes potencialmente tóxicos exógenos ou endógenos,Auto-imunidade sob certas condições, reações imunes são criadas contra os próprios tecidos do indivíduo, levando á doenças auto-imunes. Nessas doenças, os auto-antígenos suscitam uma reação imune autoperpetuadora que resulta em diversas doenças inflamatórias crônicas.


Inflamação crônica ocorre nas seguintes situações:
a-) Infecção persistente por certas bactérias como por exemplo o bacilo da tuberculose 
b-) Exposição prolongada a determinadas substâncias irritantes tais como a sílica 
c-) Reações autoimunes como por exemplo no lupus eritematoso sistêmico

Situações que favorecem a inflamação cronica:

Infecção persistente - Tuberculose, fungos, sífilis, parasitos.

Irritação prolongada - corpo estranho, acúmulos endógenos insolúveis.

Respostas imunes celulares - rejeiçao de enxertos, infecções virais, auto-imunidade.

Respostas inflamatórias -

Causas desconhecidas -  

 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário